Blog

Espaço para você acessar nossas novidades e notícias relevantes para o setor

Rota da Sustentabilidade: quais as vantagens para os fabricantes que participam?

28/02/2019

Imagine chegar na Feicon Batimat 2019 (de 9 a 12 de abril, no São Paulo Expo) para conhecer as novidades de produtos e soluções sustentáveis. São mais de 800 expositores na feira! Como saber onde estão e quem são as empresas compromissadas com a sustentabilidade?

Para facilitar essa ponte entre fabricantes e o público, a Inovatech e a Reed Exhibitions criaram a Rota da Sustentabilidade, um roteiro especial definido a partir de um grupo de
empresas que se inscrevem voluntariamente para participar da iniciativa.

“Na visão da Inovatech, a Rota da Sustentabilidade é uma maneira de impulsionar toda a cadeia produtiva da construção para tornar as construções mais eficientes, confortáveis e com a menor pegada ambiental possível”, diz o diretor da empresa, Luiz Henrique Ferreira.

“Nós entendemos que é necessário engajar os fabricantes e promover a união com os outros atores do setor (arquitetos, engenheiros, especificadores, construtoras etc.) para que a sustentabilidade possa gerar resultados concretos e transformadores na nossa sociedade”, complementa.

Iniciativas como a da Rota da Sustentabilidade fazem parte da missão da Inovatech que, com seu trabalho de consultoria para construções sustentáveis, vem ajudando a aprimorar a sustentabilidade no setor da construção em São Paulo e nas diferentes regiões do país.

Como funciona a Rota da Sustentabilidade

Antes da feira, os inscritos passam por um processo seletivo que envolve a aprovação de autodeclarações feitas pela empresa para cada produto apresentado, a partir de um questionário de inscrição enviado pela organização da Rota da Sustentabilidade.

São 24 critérios de avaliação, divididos em três eixos: Fabricação, Obra e Produto Aplicado. Cada concorrente define em qual ou quais eixos quer ser avaliado. Para ser aprovada e participar da Rota da Sustentabilidade, a empresa precisa pontuar em, pelo menos, 8 critérios.

Entre os requisitos estão, por exemplo, percentual de água de reuso e material reciclado no processo de produção, consumo de recursos, geração de resíduos na obra, eficiência energética e hídrica, reciclabilidade, desmontabilidade, rastreabilidade da cadeia produtiva, conforto térmico e acústico e mitigação de riscos para varejistas e especificadores.

Vantagens para os fabricantes

1- Avaliação de sustentabilidade gratuita

A Inovatech auxilia gratuitamente todo os inscritos na elaboração de uma avaliação de sustentabilidade, que é homologada pela Fundação Vanzolini, entidade que apoia a iniciativa. Esse documento pode ser usado em ações de divulgação para fortalecer diferenciais de mercado.

2- Mais visibilidade na feira

Durante a Feicon Batimat 2019, os participantes da Rota da Sustentabilidade serão especialmente identificados para que o público e a mídia reconheçam facilmente sua relação real com a sustentabilidade.

Além disso, haverá visitas guiadas realizadas a cada 20 minutos durante toda a feira, levando os visitantes até os estandes dos expositores participantes da Rota da Sustentabilidade.

3- Mais credibilidade junto ao público visitante

Fazer parte da Rota da Sustentabilidade significa ter atravessado um criterioso processo de seleção, auditado pela Fundação Vanzolini, entidade de grande credibilidade no mercado. E o público saberá disso. Resultado: o público terá mais confiança para fazer negócios com quem foi além das autodeclarações de sustentabilidade e se dispôs a ser avaliado também por uma terceira parte idônea e totalmente independente.

Participe! Ainda dá tempo de se inscrever!
Acesse o site www.rotadasustentabilidade.com.br, saiba como participar e veja como foi a primeira edição da Rota da Sustentabilidade, em 2018. Ou envie um e-mail para expositor@rotadasustentabilidade.com.br e tire suas dúvidas.

As inscrições vão até 01 de março!