Blog

Espaço para você acessar nossas novidades e notícias relevantes para o setor

Semáforo, mudança de direção

BIM – Este é o momento para repensar os seus processos

21/05/2020

Cada vez mais presente no mercado brasileiro, entenda por que o BIM trará o diferencial para sua empresa na retomada do crescimento econômico.

Já falamos em nosso blog como ter esta eficiente metodologia de se gerenciar uma obra é fundamental para se ter maior produtividade e sustentabilidade. Saiba por que agora é o momento de se aprofundar e apostar no BIM para seu próximo projeto.   

Por que agora?

Com a crise do Covid-19, diversos setores da economia foram impactados nestes últimos meses. O setor da construção civil apresenta dados pessimistas para 2020, sendo que analistas da XP Investimentos calculam uma redução entre 34% e 38% nos lançamentos imobiliários em 2020, se comparados com 2019. Contudo, alguns estímulos na economia estão sendo feitos para não se perder empregos e manter os negócios vivos. Um exemplo é a injeção de 43 bilhões de reais feita pela Caixa Econômica Federal para ajudar de pequenas a grandes construtoras. (Fontes: InfoMoney e Veja).

A partir deste cenário, muitos empregos tentarão ser mantidos enquanto a demanda de trabalho possa sofrer uma queda. Com uma possível redução na quantidade de projetos, surge uma oportunidade de repensar nossos processos de trabalho para o fim da pandemia. Um dos grandes preconceitos em relação à implantação do BIM é o tempo maior gasto na fase de projetos, se comparado com um projeto em 2D. Entendemos que a queda momentânea nas vendas postergará o lançamento de alguns empreendimentos, e portanto a hora é agora para desenvolver um projeto em BIM, uma vez que os prazos para lançamento estão mais flexíveis e a grande maioria das empresas ainda não reduziu seus quadros, portanto sobrará tempo para desenvolver projetos em BIM.

O BIM está cada vez mais presente: Agora é a hora de não ficar para trás.

O setor da construção civil no Brasil ainda está caminhando para ter seus processos incorporados em BIM. Desse modo, sua utilização em larga escala pode estar mais próxima do que imaginamos, sendo que em 2021 algumas licitações de projetos de obras públicas devem fazer uso do BIM.

Fora do Brasil, o BIM já é amplamente utilizado por diversos players deste setor. Esta ferramenta é um diferencial tanto para fornecedores quanto para construtoras, consultorias e escritórios de arquitetura. 

Num momento como esse, as empresas que dedicarem energia para inovar e aumentar sua produtividade de projetos certamente sairão na frente quando o mercado retomar, pois haverá demanda reprimida atrelada a uma forte conjuntura de taxas de juros mais baixas (o que facilitará a aquisição) e valores de aluguéis competitivos, rendendo acima do CDI, abrindo boas oportunidades para diversificação de investimentos.

Cuidados na hora de começar a implantar o BIM em meio à pandemia

O BIM oferece diversas possibilidades, contudo no começo pode parecer confuso e podemos ficar perdidos com tantas informações. Para um bom proveito da ferramenta, esta deve ser personalizada para focar nos processos importantes para o seu negócio. 

Esta personalização deve considerar as interações e processos que ocorrem entre as partes envolvidas em um projeto, para atender suas singularidades e requisitos. Portanto, se implantado de forma correta, o BIM é uma ferramenta poderosa para mitigar riscos de projetos e automatizar processos que levam tempo e estão fadados à erros humanos.

Nos tempos atuais, transcrever as mesmas informações em diversas planilhas separadas não faz mais sentido, logo que podemos ter todas as informações em um só lugar.

Por onde começar?

O primeiro passo para o uso de qualquer ferramenta é entender seu propósito e suas potencialidades, é importante também:

  • Saber o que queremos atingir com o BIM
  • Mapear os processos necessários para alimentar as informações em BIM
  • Listar os dados que serão necessários para o modelo, incluindo requisitos de atendimento de normas

Gostaria de saber mais sobre BIM? Precisa de auxílio para migrar para esta ferramenta nos seus projetos?

Entre em contato