Blog

Espaço para você acessar nossas novidades e notícias relevantes para o setor

Espaço de home office em uma residência

Home office: Tendências para repensar a arquitetura de nossas residências

05/05/2020

A forma como usamos nossas casas e apartamentos foi bastante alterada nas últimas semanas. Confira como as novas demandas, atreladas ao conforto ambiental, podem impactar a produtividade e a forma de se pensar e conceber edifícios residenciais

Do Coletivo para o Particular

O home office, tendência que já apontava crescimento antes do surgimento do Covid-19, se tornou uma prática extremamente comum de trabalho. Contudo, antes desta pandemia os espaços de trabalho eram concebidos focando no coletivo em detrimento de um espaço individual isolado. Visto que cafeterias e espaços coworking em edifícios residenciais e comerciais eram espaços muitas vezes adotados para trabalhar. De forma súbita e não natural, os espaços de trabalho adentraram nas unidades habitacionais, tomando um espaço que antes era destinado para outros fins.

Muitos apartamentos não estavam preparados para tal mudança, sendo incapazes de oferecer um espaço que possa promover um home office adequado.

Novas funções e novas demandas

Hoje prezamos por um ambiente de qualidade com privacidade em qualquer hora do dia. Seja esta durante uma reunião virtual, um trabalho de alta complexidade, uma prova online ou em nossos momentos de descanso.

Para comportar novos usos em um mesmo ambiente sua qualidade deve ser repensada. Afinal, os ambientes em que trabalhamos interferem diretamente na nossa produtividade e na qualidade de nosso trabalho.

Embora estejamos em home office boa parte de nosso tempo, esta não é a única função de nossas habitações, sendo que o descanso e o lazer continuam presentes, demandando ambientes versáteis e multifuncionais.

Conforto ambiental é a chave para ambientes de qualidade

Já falamos sobre a importância da iluminação natural em residências no nosso blog, mas esta não é a única variável necessária para se ter um ambiente que proporcione a melhor produtividade para nossas tarefas, visto que um bom home office necessita também de qualidade térmica e acústica.

O desempenho acústico influencia diretamente no nosso sono, concentração e disposição durante o dia. O ruído não vem apenas da rua ou de vizinhos, mas agora vem também das atividades de outros ambientes da casa, já que hoje todos os moradores estão em casa na maior parte de seu tempo.

Desafio de projetar um ambiente com conforto

Ter uma habitação que tenha seus desafios de conforto ambiental resolvidos vai muito além de cumprir os requisitos mínimos da norma de desempenho 15.575. A integração do desempenho térmico, acústico e lumínico requer um olhar mais cuidadoso para encontrar uma solução comum. Portanto, para um ambiente multifuncional, este equilíbrio é primordial para garantir seu melhor proveito.

Diferentes materiais e soluções arquitetônicas impactam estas três variáveis de forma distinta. Dessa forma, uma simples escolha equivocada de bloco de vedação e seus acabamentos pode ser fatal para a qualidade de um ambiente. Afinal, cada projeto é único, necessitando de atenção especial, o que pode ser uma solução para uma torre acaba sendo um empecilho para a mesma torre em uma implantação distinta.

Nós vemos as simulações computacionais como a melhor forma de integrar estas três disciplinas ainda em projeto, evitando futuros problemas em obra que podem acarretar grandes prejuízos.