Blog

Espaço para você acessar nossas novidades e notícias relevantes para o setor

Como facilitar o atendimento do Desempenho Acústico nas edificações?

10/06/2021

A Norma de Desempenho está em vigor há quase 8 anos e ainda vemos projetos que tem dificuldades para atender aos seus requisitos mínimos. Confira algumas dicas para facilitar o atendimento dos requisitos de acústica.

Como já comentamos no nosso blog, o barulho entre os apartamentos é uma das principais queixas em empreendimentos residenciais. Com a pandemia, nosso tempo de permanência em casa aumentou e, com isso, os ruídos de vizinhos e de outros cômodos acabam nos atrapalhando ainda mais. Isso é prejudicial tanto para a nossa produtividade e concentração como para a qualidade de nosso sono. Isto aumenta cada vez mais a busca por projetos bem resolvidos quanto à sua acústica, que atendam ou até superem os requisitos mínimos da Norma de Desempenho.

Dessa forma, um bom desempenho acústico será um diferencial na venda de apartamentos, principalmente agora que o mercado está super aquecido e o consumidor tem inúmeras opções para decidir, muitas vezes no mesmo quarteirão.

Afinal, como atender a estes requisitos e poupar os condomínios de diversas reclamações de ruído no futuro?

Pensar na acústica desde os estudos de viabilidade

A Norma de Desempenho possui requisitos que vão desde a escolha do terreno até a finalização das obras. Logo, contratar estes serviços na etapa certa de projeto ajuda a economizar tempo de retrabalho e poupa as construtoras de eventuais mudanças em canteiro.

A primeira etapa é o mapeamento de ruído do entorno, ou ensaio de caracterização acústica do entorno, que consiste na medição dos níveis de ruído da vizinhança antes do Estudo Preliminar. Com isso, podem-se definir as classes de ruído da fachada, já sabendo quais as fachadas mais críticas que necessitam de maior isolamento acústico em projeto.

Na etapa de projeto, o edifício é simulado e as soluções de piso, vedação e fachada são analisadas. Quanto antes começarem as simulações, mais fácil e barato é implementar as melhorias de acústica no projeto, gerando menos interferências com outras disciplinas.

Por fim, caso o edifício atenda a todos os requisitos em simulação e estas sejam feitas por uma empresa de confiança que tenha confiabilidade em seus resultados, a etapa de medição em obra será apenas uma confirmação do bom desempenho acústico desta edificação.

Projetos integrados em BIM também podem contribuir para a Acústica

Um bom projeto em BIM é sinônimo de um projeto de maior qualidade que vai à obra, com menos interferências e um uso mais racional dos recursos utilizados. Dessa forma, compatibilizar a acústica com outras disciplinas em projeto irá garantir um melhor desempenho para o edifício construído.

Além destes benefícios, os projetos em BIM podem ser uma ferramenta poderosa para diminuir custos, prazos na obra e trazer mais sustentabilidade aos projetos, como já comentamos no nosso blog.

Norma de Desempenho em revisão

Atualmente, os requisitos de acústica de Norma de Desempenho, NBR 15575, estão em revisão. Há grandes chances de que boa parte do processo atual irá se manter. Para saber mais, fique de olho nas nossas postagens, iremos comunicar em primeira mão assim que a norma for publicada.

Se interessou e gostaria de saber mais sobre a nossa consultoria acústica ou sobre projetos em BIM?

Letícia Hein Hsiao

Área Técnica & Comunicação & Marketing na Inovatech Engenharia