Blog

Espaço para você acessar nossas novidades e notícias relevantes para o setor

Casa24h: da Feicon Batimat 2019 para os clientes da Inovatech

24/04/2019

Quando idealizei a Casa24h, tinha uma coisa em mente: queria criar uma experiência transformadora para o mercado e também para a Inovatech Engenharia, empresa que fundei em 2005. Ao longo desses anos todos, a Inovatech Engenharia passou por inúmeras transformações e, para mim, estava claro que seria o momento de mais uma mudança, afinal crescimento e mudança andam juntos.

Essa mudança estava planejada há alguns anos e tinha como objetivo subir a Inovatech Engenharia para um outro patamar de consultoria, em que, além de entregar resultados efetivos em certificações de construção sustentável, cálculos e simulações para norma de desempenho, poderemos também ajudar as empresas a se tornarem cada vez mais produtivas. Como? Integrando todo o conhecimento técnico e experiência de 13 anos no mercado com uma visão mais moderna de gestão, com foco muito grande em eficiência e produtividade.

Realizamos o que idealizamos

Para que pudéssemos posicionar a empresa neste novo patamar, nada melhor do que mostrar na prática tudo o que acreditamos e falamos para nossos clientes, de modo que ficasse clara para o mercado a nossa capacidade de realizar projetos complexos, aliando planejamento, tecnologia, organização e integração de competências.

Agora temos um caso concreto para mostrar, o que torna a Inovatech Engenharia única no mercado, pois foi a primeira empresa que se propôs a executar uma construção ao vivo durante a maior feira de construção da América Latina. Ufa, conseguimos o feito e agora somos ainda mais diferenciados, pois não precisaremos somente de powerpoints bonitos e depoimentos de clientes para convencermos o mercado, nós realizamos o que idealizamos.

Construção da Casa24h: produtividade na construção civil

Planejamento refinado + indústria caminhando junto

A estrutura da Casa24h foi executada em menos de três horas, o que, na prática, permite uma produtividade de três unidades habitacionais por dia, que podem ser agrupadas tanto na horizontal quanto na vertical. Isso significa um potencial para subir a estrutura de um edifício de 18 andares e quatro unidades por andar em pouco mais de três semanas, permitindo que torres altas sejam entregues em poucos meses de trabalho.

Lógico que tudo isso somente será possível refinando ainda mais o planejamento e repensando toda a cadeia produtiva para que se acostume com estes índices de produtividade. O elevador não poderá mais demorar meses para ser entregue; esquadrias, tampouco. O movimento que iremos fazer daqui para frente é de conversar com a indústria para que possamos planejar, organizar e encadear o processo de projeto e fabricação de unidades habitacionais com uma agenda muito forte de produtividade, o que reduzirá drasticamente os desperdícios e alocará recursos que de fato agreguem valor às construções.


Produtividade na construção: os números falam por si

Traduzindo produtividade em números, estamos fazendo um estudo para um empreendimento que será montado em apenas 8 meses, face a 24 meses se fosse construído no método convencional. A despesa média prevista pelo empreendedor para o canteiro de obras (entre engenharia, mestre, encarregados, administrativo, barracão etc.) é de R$ 180 mil por mês, e, portanto, podemos dizer que a redução no tempo de obra possibilitará uma economia de mais de R$ 3 milhões (isso mesmo, três milhões de reais de economia), somente com foco em produtividade.

Com esse recurso poupado, será possível remunerar engenharia de ponta, implantar o uso de metodologia BIM e atributos de sustentabilidade, realizar ensaios para atendimento à NBR 15575, aumentar vãos de portas para atender às normas de acessibilidade e tudo mais.

Por todos os nossos estudos e nossa experiência, estamos convictos de que o futuro da construção no Brasil passa por essa agenda muito forte de produtividade, e vamos trabalhar junto com nossos clientes para que eles possam otimizar seus processos, integrando tudo o que fizemos na Casa24h em seus empreendimentos.

Também temos certeza de que estamos no caminho certo, pois a pesquisa de satisfação da Casa24h na FEICON Batimat mostrou números impressionantes: tivemos mais do que o dobro de visitação em relação à experiência do ano anterior, promovida por uma outra consultoria do mercado, e apenas 2,3% de visitantes insatisfeitos ou muito insatisfeitos com a experiência. Índices de  público e de satisfação como esses mostram que acertamos a mão, e isso nos enche de energia para transformar o setor da construção no Brasil, tornando as construções mais eficientes, confortáveis e com a menor pegada ambiental possível. Vamos em frente!