Odebrecht Park One

Em 2011, empreendimento de alto padrão na valorizada região do Parque Ibirapuera foi o segundo residencial certificado AQUA em São Paulo, e contou com a consultoria da Inovatech para aprimorar os diferenciais de sustentabilidade


Residencial

Certificações

Conforto acústico

Na privilegiada região do Parque Ibirapuera, em São Paulo, a Odebrecht Realizações Imobiliárias (OR) construiu o Park One, um prédio residencial sustentável de alto padrão, com 50 apartamentos distribuídos em 25 pavimentos, em um terreno de 4.300 m².

Da concepção do projeto até o final da obra, a Odebrecht contou com a consultoria da Inovatech para conquistar a certificação AQUA em 2011 (a segunda para residenciais na cidade) e, assim, comprovar a sustentabilidade anunciada, com a ajuda de uma entidade independente e de credibilidade no mercado, a Fundação Vanzolini, responsável pelo Processo AQUA.

Para a construtora, o lançamento representou um duplo marco na empresa. “O Park One consolidou nossa presença em um importante mercado imobiliário e iniciou uma nova fase em planejar projetos residenciais, na qual a sustentabilidade é reconhecida como critério de diferenciação indispensável”, afirmou Juliana Mesquita Monteiro Gamba, diretora de Incorporação da OR.

Contando com a parceria da Inovatech, o Park One atendeu aos 14 critérios da certificação AQUA, que vão desde a relação do edifício com o entorno durante o processo construtivo, passando pela gestão eficiente de água e energia, até o conforto acústico e olfativo dos moradores.

O projeto arquitetônico foi concebido por Jonas Birger, com paisagismo de Benedito Abbud e decoração de Patricia Anastassiadis. “A sustentabilidade permeou todas as fases do empreendimento, a começar pela concepção do projeto arquitetônico, desenvolvido para maximizar a iluminação natural e proporcionar conforto acústico e visual”, acrescentou Ricardo Toscani, diretor de Construção do Park One, à época.

O conforto acústico, aliás, foi uma premissa do Park One. A OR contratou um especialista na área para avaliar o impacto sonoro ambiental, o que contribuiu para o desenvolvimento de um projeto completo de redução de ruídos internos e externos. Entre as medidas adotadas estão a utilização de caixilhos acústicos no edifício e contrapisos acústicos entre as unidades, medidas que garantem um conforto acústico em níveis superiores aos praticados pelo mercado.

Ao longo de todo o processo, a Inovatech apresentou várias soluções sustentáveis que foram incorporadas ao empreendimento. Dentre elas, destacamos:

•  Uso eficiente da água, por meio de equipamentos economizadores (válvulas de duplo fluxo, temporizadores, arejadores e redutores de pressão) e de um sistema de reuso de águas cinzas e pluviais;
•  Durante a demolição das casas que existiam no local, os resíduos recicláveis foram destinados ao reaproveitamento e o material inerte foi triturado no local e usado no terreno como base construtiva;
•  Para reduzir a geração de resíduos sólidos, um aditivo retardador de pega no gesso foi utilizado para permitir maior reaproveitamento do material e redução de desperdício durante a execução do serviço;
•  Para a minimização dos impactos ambientais causados ao meio ambiente, o empreendimento utilizou materiais provenientes de fontes recicladas, tais como isolamento acústico feito de pneu reciclado, lascas de plástico reciclado e concreto com cimento CPII; •  Instalação de lâmpadas de led e sensores fotoelétricos nas áreas externas, possibilitando a diminuição do consumo energético durante a operação do empreendimento.

Este foi o primeiro de vários projetos realizados em parceria com a Odebrecht. A Inovatech também ajudou a OR na obtenção da certificação AQUA para o empreendimento empresarial Parque Avenida, em Belo Horizonte, e também deu consultoria em dois projetos importantes concebidos para gerar impactos positivos na cidade de Santos, litoral paulista. Em Brasília, a Inovatech trabalhou no processo de certificação AQUA para o empreendimento Vitrium Centro Médico Inteligente.


< Voltar para CASES